VII Jornada Nacional de Economia da Saúde

Políticas de austeridade e seus efeitos na seguridade social: estratégias para o fortalecimento do SUS

A Associação Brasileira de Economia da Saúde (ABrES), com o patrocínio da Fiocruz-Brasília, promoverá a VII Jornada nacional de Economia da Saúde: “Políticas de austeridade e seus efeitos na seguridade, estratégias para o fortalecimento do SUS”. O evento acontecerá no próximo dia 11 de novembro, segunda-feira, no auditório na sede da Fiocruz em Brasília. O evento terá duas mesas, uma pela manhã e outra à tarde, com o objetivo de discutir na atual conjuntura as razões econômicas e políticas para a queda do gasto público per capita em saúde e para o aumento dos preços dos bens e serviços privados de saúde, em um cenário de piora das condições de vida da população. Em particular, ao lado de um conjunto de reformas pró-mercado, após a introdução da Emenda Constitucional 95, que reduziu os investimentos públicos e os gastos sociais, acentuando o movimento de privatização da saúde pública, nos preocupa as possíveis mudanças que podem ocorrer na atenção primária do SUS – hoje uma pedra fundamental da arquitetura do sistema universal de saúde. Considerando a orientação neoliberal e tecnocrática do governo federal, que acredita que os problemas da saúde podem se resolver a partir da retirada do Estado como indutor do crescimento econômico e redutor das desigualdades, é necessário que as entidades da reforma sanitária se mobilizem junto com a sociedade em defesa dos pressupostos constitucionais do SUS.

 

Na oportunidade, será celebrada a comemoração de 30 anos da Abres, fundada em 1989, um ano depois da Constituição de 1988, com o objetivo de auxiliar a implementação do SUS a partir de estudos e ações vinculados à economia da saúde. 

Acesse a galeria de fotos da Jornada:

VI Jornada Nacional de Economia da Saúde

Em construção ...

CATEGORIAS

RECENTES